Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O meu cancro


Segunda-feira, 06.02.17

Há quatro anos que iniciei "O meu cancro"

Com a criação deste blogue - a que decidi chamar cruamente "o meu cancro" - não pretendo mais do que transmitir pensamentos, reflexões e algumas informações sobre o (meu) cancro, procurando fazê-lo de forma descomplexada, desdramatizada, naturalmente.

E tal como o cancro que me atacou, também este blogue aparece sem estar previsto... Já tinha muito com que me entreter...

Foi com estas palavras que terminei o texto de apresentação deste blogue.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Zé LG às 23:40

Terça-feira, 24.01.17

JÁ PASSARAM QUATRO ANOS

sobre o dia em que “fui submetido a uma intervenção cirúrgica, que me cortou um bocado do cólon que continha um cancro (neoplasia), sob a forma de tumor.

E ainda por cá ando… Parece que o mal foi cortado pela raiz. Pelo menos, os exames que faço regularmente nada têm detectado...

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Zé LG às 22:00

Terça-feira, 24.01.17

“CONVERSANDO...” SOBRE COMO “PREVENIR O CANCRO” NAS NEVES

111020131818-24-CANCRODOESTOMAGO.jpg

A iniciativa da Junta de Freguesia de Nossa Senhora das Neves, concelho de Beja, com o nome “Conversando...” sugere para o dia de hoje, o tema “Prevenir o cancro”.

A partir das 14.30 horas, na Casa do Povo de Nossa Senhora das Neves, os profissionais do Centro de Saúde de Beja explicam o que se deve saber e o que se deve fazer para prevenir o cancro.

A organização desta iniciativa é da responsabilidade da Unidade de Cuidados Continuados, do Centro de Saúde de Beja, da Junta de Freguesia e da Casa do Povo de Nossa Senhora das Neves e do Projeto “Mais Saúde”.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Zé LG às 00:21

Sábado, 14.01.17

SOBRINHO SIMÕES ALERTA PARA SOBREDIAGNÓSTICO DE CANCROS MUITO PEQUENOS

1102078.jpg

O patologista Sobrinho Simões alertou hoje que se diagnosticam demasiados cancros que se deviam "deixar sossegados", colocando os doentes num ciclo de tratamentos sem benefícios reais, ressalvando que continua a ser essencial o rastreio precoce.
Falando à agência Lusa à margem de uma palestra promovida pelo International Club de Portugal, Manuel Sobrinho Simões afirmou que "a maluqueira quer de doentes quer de alguns médicos é que está a dar mau resultado", sobretudo nos cancros da tiróide, mama e próstata, "de longe os que têm mais sobrediagnóstico".
"Estamos a fazer diagnósticos de cancros muito pequeninos, que não iam dar chatices" porque não conseguiriam desenvolver-se no tempo de vida restante das pessoas, a maior parte delas idosas, salientou. 
Colocando-as no ciclo de tratamentos como a radiologia, os médicos estão, nesses casos, a "desgraçar os doentes", considerou, defendendo que cabe aos médicos serem razoáveis quando as pessoas os procuram para ir numa "caça ao cancro".
Ler todo o artigo AQUI.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Zé LG às 15:08

Quarta-feira, 11.01.17

A IMPORTÂNCIA DE TER UMA UNIDADE DE ONCOLOGIA PERTO

Sempre que encontro pessoas que, tal como eu, foram ou são utentes da Unidade de Oncologia do Hospital de Beja, elas referem a importância de serem tratadas ou assistidas perto do local onde residem e a qualidade do serviço ali prestado. É uma opinião generalizada com que concordo em absoluto, tendo em conta a minha experiência pessoal. 

Daí que é sempre com muita preocupação que ouço ou leio notícias ou comentários acerca do eventual encerramento ou degradação dos serviços prestados naquela Unidade. Tendo em conta as características e a envolvente familiar e social das doenças oncológicas, é fácil perceber que é dos serviços hospitalares que mais importa manter.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Zé LG às 21:54

Domingo, 25.12.16

“MULHERES COMO NÓS” LANÇA CALENDÁRIO SOLIDÁRIO

211220161004-226-mulharescomons.jpg

O Calendário Solidário de 2017 “Mulheres como Nós” foi apresentado publicamente, no Cineteatro Camacho Costa, em Odemira.

Trata-se de um projecto que tem como principal objectivo angariar fundos para a Associação Missão Coragem e, desta forma, ajudar Mulheres com cancro da mama.
“Mulheres como Nós” surge da vontade e do desejo de um grupo de Mulheres em ajudar a Associação Missão Coragem, tendo todas elas histórias de coragem, força e superação, e que quiseram dar o seu contributo ajudando outras Mulheres na luta contra o cancro da mama que, apesar de terem passado, ou ainda estarem a passar, por um processo de tratamento doloroso, não deixaram de ser Mulheres como todas as outras.
O projecto “Mulheres como Nós” é composto, nesta primeira fase, pela apresentação de um calendário para 2017 e numa segunda fase pela realização de uma exposição.
A Missão Coragem é uma associação sem fins lucrativos, com sede em Santiago do Cacém, constituída em 2008, que tem por objectivo ajudar todas as mulheres do Litoral Alentejano com cancro da mama.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Zé LG às 22:38

Quinta-feira, 22.12.16

"MEDICAMENTOS PARA DOR ONCOLÓGICA PASSAM A TER 90% DE COMPARTICIPAÇÃO"

Os medicamentos para o tratamento da dor oncológica, moderada a forte, vão passar a ter 90% de comparticipação, graças a um regime excecional de comparticipação, publicado hoje em Diário da República.

De acordo com a portaria, é criado um regime excecional de comparticipação nos medicamentos destinados ao tratamento da dor oncológica moderada a forte, que, até agora, estavam incluídos no escalão C do regime geral de ambulatório e tinham uma comparticipação de 37%.

Em causa estão analgésicos estupefacientes, nomeadamente os medicamentos opioides, como Buprenorfina, Fentanilo, Hidromorfa, Tapentadol, Morfina, Oxicodona e Oxicodona+Naxolona, quando receitados para o tratamento da dor oncológica moderada a forte.

No documento está também estabelecido que para o doente ter acesso a esta comparticipação, o médico que prescreve tem de mencionar expressamente a portaria na receita.

A portaria entra em vigor no início de janeiro.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Zé LG às 23:17

Quinta-feira, 10.11.16

ESTA FOI A MELHOR NOTÍCIA QUE PODIA ESPERAR...

Em 28 de Setembro tive consulta de acompanhamento com a médica que me acompanha. 

Nessa consulta, entre outros exames, a médica pediu uma consulta de otorinolaringologia, face a algumas queixas que lhe apresentei relativas a entupimento fácil e frequente do nariz, dores nos ouvidos, etc.

Hoje, um mês e meio depois, recebi o ofício que publico aqui em baixo:

002.jpg

 

Como a médica admitiu que os sintomas de que me queixei podem estar associados à doença e por isso solicitou o exame, para despiste ou confirmação, esta foi a melhor notícia que podia esperar...  

Não há alternativa? Não me podiam chamar para me dar a notícia e, comigo, analisar a situação de forma a concluir o que devo fazer?

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Zé LG às 22:50

Quinta-feira, 10.11.16

Cancro traz medo e ansiedade.

MAS TAMBÉM UMA NOVA FORMA DE OLHAR A VIDA. 

Ver testemunhos na primeira pessoa AQUI.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Zé LG às 18:46

Quinta-feira, 03.11.16

SÃO CADA VEZ MAIS OS SOBREVIVENTES DE CANCRO EM PORTUGAL

"Há cerca de 350 mil sobreviventes de cancro em Portugal" no decorrer dos últimos 20 anos, diz o presidente do Núcleo do Centro da Liga, Carlos de Oliveira, que é também o responsável pela organização do 2.º Congresso Nacional de Sobreviventes de Cancro, que se realiza em Coimbra, nos dias 11 e 12.

Atualmente, há 50 mil novos casos por ano em Portugal, sendo que a taxa de mortalidade, cinco anos após o diagnóstico, ronda "os 50%", informou. No entanto, a taxa de sobrevivência deverá continuar a aumentar, bem como a incidência da doença na população portuguesa, resultante de vários fatores, nomeadamente "o envelhecimento da população" (a maioria dos cancros aparece em pessoas idosas) e "as alterações do estilo de vida", explanou Carlos de Oliveira.

Com a necessidade de debater e partilhar várias questões relacionadas com os sobreviventes de cancro, a Liga vai organizar o seu segundo congresso dedicado ao tema.

Lei todo o artigo AQUI.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Zé LG às 22:44


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Fevereiro 2017

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728


Links

Informativos

Informativos