Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O meu cancro



Sexta-feira, 24.04.15

CONSULTA DE ROTINA

Na Segunda-Feira, fui à consulta de acompanhamento. O médico mandou-me fazer uma TAC e umas análises. Tudo dentro do habitual. Nada de especial a assinalar a não ser a espera de mais de duas horas. Não seria possível marcar as consultas com algum espaçamento temporal, em vez de as marcar todas para a mesma hora e obrigar os últimos da lista a esperar várias horas?!

Mais uma vez, lá (re)encontrei vários doentes conhecidos. Um, que não via há largos anos, em estado complicado. Outro, que encontrara a fazer tratamento numa das últimas vezes que fui fazer a manutenção do cateter, e que terá de voltar a fazer tratamento. Outro, já com 80 anos, que ainda não sabe bem o que tem e que anda a fazer exames, mas que está bem de aspecto.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Zé LG às 00:19

Terça-feira, 21.04.15

SINTOMAS DE CANCRO QUE SÃO DESVALORIZADOS

O jornal i pediu à Sociedade Portuguesa de Oncologia para identificar os sintomas de cancro que os portugueses menos valorizam.
O cancro é uma doença conhecida por ser, na maioria dos casos, silenciosa, mas há casos em que os doentes poderiam demorar menos a ir ao médico se estivessem sensibilizados para certos sintomas. Estes são os 15 sintomas que não deve ignorar.
Leia aqui.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Zé LG às 01:01

Terça-feira, 14.04.15

É POSSÍVEL TER FILHOS DEPOIS DE UM CANCRO

A Sociedade Portuguesa de Medicina da Reprodução vai lançar uma brochura para médicos e doentes com essa informação.
O cancro está a aumentar e atinge cada vez mais pessoas em idade fértil. A quimio e a radioterapia afectam a fertilidade, mas ter um filho depois de um cancro não é impossível.
A falta de informação é um aliado da infertilidade, diz a presidente da Sociedade Portuguesa de Medicina da Reprodução. Por isso, este organismo elaborou uma brochura para médicos e doentes com essa informação.
O mais frequente na mulher é o cancro da mama e nos homens são os tumores do testículo e os linfomas.
A presidente da Associação de Reprodução reconhece que a situação tende a agravar-se, porque estando a incidência do cancro a aumentar, também está a subir o número de casais que adiam a idade da primeira gravidez. “Temos todas as condições para um aumento do número de pessoas que ainda não tiveram filhos, ou ainda não tiveram todos os filhos que desejam, e que são atingidos por um cancro com a possibilidade de afectar a sua fertilidade”.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Zé LG às 23:47

Segunda-feira, 13.04.15

FOTOGRAFIAS TENTAM “DESPIR O PRECONCEITO” PRECONCEITO ASSOCIADO AO CANCRO

100420151852-783-expo.jpg

Até ao dia 20 de Abril, a Loja Ponto JA de Beja do Instituto Português do Desporto e Juventude recebe a exposição “Despir o Preconceito”.
Os trabalhos fotográficos são de Filipe Inteiro e retractam mulheres sorridentes e confiantes que desafiam o cancro com frases motivadoras e positivas. O fotógrafo quer com os trabalhos desmistificar o preconceito associado à doença ao mesmo tempo que retracta os efeitos colaterais inerentes ao cancro.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Zé LG às 00:31


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Abril 2015

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930


Links

Informativos

Informativos