Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O meu cancro


Quinta-feira, 31.12.15

Um bom ano novo!

Desejo a todos, especialmente aos que já tiveram ou têm cancro e fizeram ou estão a frazer tratamento (quimioterapia fiz eu), um bom ano de 2016, com melhor saúde!

Às famílias e a todos os cuidadores desejo igualmente um bom ano, com muita capacidade de lidar e apoiar os que sofrem desta doença social!

Às famílias dos que perderam familiares vítimas desta terrível doença desejo também um bom ano novo, certo de que fizeram tudo para que o vosso ente querido resistisse até onde foi possível e lhe proporcionaram todo o apoio que puderam.

Aos investigadores de novas terapias para os diversos tipos de cancro desejo um óptimo ano novo, repleto de novos êxitos, que contribuam para o combate desta doença e a redução do sofrimento das suas vítimas.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Zé LG às 22:20

Quinta-feira, 30.07.15

EU NÃO VENCI O CANCRO

Não gosto de algumas coisas que se dizem a propósito da luta contra o cancro (e outras doenças), como: os doentes que não morrem "são uns heróis", "venceram o cancro", etc.

Não gosto por uma razão muito simples: Porque não somos nenhuns heróis nem vencemos o cancro. Porque quem está a vencer, cada vez com mais frequência, o cancro é a ciência e a técnica.

Nós, os que sobrevivemos, limitamo-nos a fazer o que nos mandam fazer e fomos diagnosticados a tempo, o que permitiu que fôssemos operados e tratados com sucesso. 

Os que não tiveram a mesma sorte não foram uns fracos, uns derrotados. Ou diagnosticaram-lhes já tarde a doença ou a ciência e a técnica ainda não conseguiram resposta para ela.

Quantas vezes estes que morreram não lutaram mais para sobreviver à doença do que os que lhe sobreviveram? Até por respeito a todos aqueles não gosto daquelas frases feitas que referi no início deste texto.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Zé LG às 00:29

Quinta-feira, 07.05.15

ESTÁ COM BOM ASPECTO

IMG_20150308_151727.jpg... é o que me dizem quase todas as pessoas que há algum tempo não me viam.

Esta declaração pode ser entendida, pelo menos, de duas formas:

- as pessoas esperavam ver-me em tão mau estado que ficam surpreendidas por assim não acontecer;

- as pessoas acham-me tão mal que se sentem na obrigação de me animar.

Para os que não me vêem há algum tempo aqui deixo esta foto de Março último, para que possam ver o aspecto que tenho e fazer as avaliações que entenderem.

Para além do que outros possam achar e dizer, sinto-me bem, acho que o mal foi cortado pela raíz e só me lembro do que por que passei quando alguém me pergunta como estou ou me queixo de qualquer outra coisa.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Zé LG às 00:04

Sábado, 24.01.15

FUI OPERADO A UM CANCRO HÁ DOIS ANOS

Fez hoje dois anos que fui operado a um cancro no cólon. A oportunidade com que foi feita a operação terá sido o mais determinante para me salvar. Se tivesse demorado mais e se a doença tivesse avançado mais talvez as coisas não se tivessem passado da mesma maneira.

A intervenção correu bem, apesar de ter sido maior do que a inicialmente esperada, porque a localização do tumor era diferente da diagnosticada.

Dois anos depois, quase não me lembro e parece-me que foi há muito mais tempo. Mas fazendo um esforço de memória lembro-me das dores que senti nessa noite, que quase não me deixaram dormir.

Nessas alturas sentimos como somos insignificantes. Sem praticamentre nada podermos fazer e sem a atenção e o apoio que gostaríamos de sentir e ter. Isto apesar de ter sido sempre bem tratado. Não tem a ver com o apoio profissional mas com as circunstâncias em que nos encontramos e nos sabia bem ter algum mimo... Mas também, nessas alturas, apetece-nos estar sós, quer para descansar, quer para reflectir.

Recordo ainda os dois companheiros de infortúnio, que me ladeavam na enfermaria, mais velhos e em estados bem mais complexos e graves, que já lá estavam e que que por lá continuaram quando tive alta.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Zé LG às 23:02

Terça-feira, 04.03.14

"Senti-me feliz, feliz pela profissão que escolhi"

Senti-me feliz, feliz pela profissão que escolhi, feliz pelas lutas que acompanho dia após dia, feliz pela felicidade dele.
E hoje ao ler este post, sinto-me feliz por si apesar de não o conhecer, este post faz-me lembrar todos os colegas que trabalham para que estas palavras existam.

Comentário De lovenox a 04.03.2014 às 10:31, que pode ler na íntegra em:http://omeucancro.blogs.sapo.pt/uma-boa-noticia-17865

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Zé LG às 23:17

Quarta-feira, 04.09.13

Não podemos permitir isto

«JOSÉ JORGE MUNHOZ FRADE, LICENCIADO EM MEDICINA, PORTADOR DA CÉDULA PROFISSIONAL Nº 21433, EXERCENDO EM REGIME DE EXCLUSIVIDADE AS FUNÇÕES DE ASSISTENTE HOSPITALAR GRADUADO DE MEDICINA INTERNA NO HOSPITAL JOSÉ JOAQUIM FERNANDES – BEJA, VEM, POR IMPERATIVO DEONTOLÓGICO E PERANTE A ACTUAL INEXISTÊNCIA, NA UNIDADE LOCAL DE SAÚDE DO BAIXO ALENTEJO, DO RESPECTIVO ÓRGÃO TÉCNICO DIRIGENTE DE TOPO HIERÁRQUICO – DIRECÇÃO CLÍNICA – PUBLICAMENTE DECLARAR NÃO ESTAREM GARANTIDAS NO HOSPITAL DE BEJA AS CONDIÇÕES NECESSÁRIAS AO ADEQUADO TRATAMENTO DE DOENTES ONCOLÓGICOS, DESIGNADAMENTE QUANDO O SEU INTERNAMENTO EM SERVIÇO ESPECÍFICO É IMPRESCINDÍVEL.
BEJA, 3 DE SETEMBRO DE 2013»

Munhoz Frade a 3 de Setembro de 2013 às 09:58, in: http://alvitrando.blogs.sapo.pt/2515181.html?view=5692653#t5692653

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Zé LG às 17:46

Quinta-feira, 14.03.13

"Vai ver que a vida terá mais sentido..."

Com optimismo irá ultrapassar este período da sua vida. Sei o que está a vivenciar. Também tive um cancro no cólon há um ano, também fiz quimioterapia e aqui estou para mostrar que não está só. Irá atravessar um período que irá requerer muita força de si, mas pelas suas palavras vejo que é pessoa com muito ânimo. Quando chegar ao fim, vai sentir que renasceu e isso dar-lhe-á mais forças. Evite o contacto com o frio, incluindo bebidas e gelados, para não ficar com sequelas a nível neurológico. As náuseas são comuns. Tome Priperan. Não coma verduras cruas, pois o intestino sentir-se-á mais frágil devido à quimio. Previna-se contra a prisão de ventre, que o preparado administrado antes da quimio tende a causar. E quanto à atitude dos outros, ponha o coração de lado... é normal olharem para nós ou dirigirem-nos palavras como se estivéssemos já para o outro lado. Dê caminhadas ao ar livre e ocupe o seu tempo. Vai ver que a vida terá mais sentido...Saúde e felicidades!

De maria gois a 11.03.2013 às 21:59

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Zé LG às 22:36

Sábado, 09.03.13

"As pessoas tratam-nos de uma forma diferente quando sabem que temos cancro"

Gostei de ler o que escreveu, e acho que é bastante importante manter este "diário de bordo", durante esta etapa da sua vida. Eu tive essa experiência há 5 anos. Um linfoma Não Hodgkins. Fiz tudo a que tinha direito: operação, quimioterapia e radioterapia. Nunca encarei este diagnóstico como algo fatal, mas sim como mais uma etapa da vida que tinha de ser superada. E foi isso que aconteceu. Foi um ano diferente, que de alguma forma me fez reavaliar a minha vida e o que realmente é importante,
As pessoas tratam-nos de uma forma diferente quando sabem que temos cancro, até alguns amigos se afastam, porque não sabem o que dizer...e de alguma forma é um período solitário e de introspecção, por isso é fundamental comunicar os nossos sentimentos, medos, sensações com alguém, ou simplesmente através de um blogue.
Embora não o conheça pessoalmente desejo-lhe toda a a sorte do mundo e acredito que vai apenas ser uma etapa "diferente" na sua vida.
De Ana Serrano a 05.03.2013 às 11:18

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Zé LG às 23:32

Sexta-feira, 08.03.13

"Felizmente, já somos muitos, os sobreviventes."

Olá bom dia.
Como sabe tb eu passei pelo cancro, não fiquei propriamente igual, porque engordei com os tratamentos.
Mas como qualquer pessoa que passa pelo cancro, ouvi muita coisa, umas boas, outras menos boas e outras mesmo mazinhas.
Mas desculpei isso tudo.
Para se defendermos somos obrigados a não ligar a certas coisas. E sim, ha muita gente que ainda não viveu de perto o cancro e julga que temos que estar com ar de doente.
Que lhe corra tudo bem é o que mais lhe desejo.
Felizmente, já somos muitos, os sobreviventes.
Um abraço.
De Isa a 05.03.2013 às 11:06

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Zé LG às 23:27


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Outubro 2017

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031


Links

Informativos

Informativos