Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O meu cancro


Quarta-feira, 09.10.19

Investigadores da UTMAD fizeram descoberta que pode ser útil na luta contra o cancro

Uma equipa de investigadores da Universidade de Trás os Montes e Alto Douro identificou como é que a ligação entre duas moléculas serve de interruptor para a multiplicação das células ou a seu suicídio (apoptose), processos “basilares para a origem do cancro”, explicou Raquel Chaves, a coordenadora da investigação.

investigadoras_utad_bioisi_770x433_acf_cropped1.jp

A descoberta, já publicada na revista científica Cellular and Molecular Life Sciences, pode vir a abrir mais um caminho para se perceber como é que as células cancerígenas são tão bem sucedidas a proliferar no organismo.

Para já, não está comprovada a associação deste “casamento” RNA-proteína com o cancro, mas sabe-se que age diretamente com processos que são “uma via extremamente importante no cancro”, conclui Daniela Ferreira, outras das investigadores do estudo.

Se assim for, existe a possibilidade de poderem contribuir para tratar a doença, no futuro. Por isso, a equipa já começou a estudar as implicações que o processo poderá ter no surgimento de um tumor.

Leia aqui toda a notícia.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Zé LG às 21:56

Segunda-feira, 30.09.19

Cancro digestivo mata 30 pessoas por dia

cancro.jpgO cancro digestivo representa 10% da mortalidade portuguesa, um grave problema de saúde pública que agrupa três das doenças que mais matam em Portugal: cancro do cólon e do reto, cancro do estômago e cancro do fígado.

O cancro digestivo mata cerca de 30 portugueses por dia (mais de 10.000/ano) e pode subdividir-se em várias tipologias. O cancro do cólon e do reto, por exemplo, é a primeira causa de morte por cancro em Portugal, com uma incidência de cerca de sete mil novos casos por ano e um registo de quatro mil mortes anuais.

Já um dos tipos de cancro digestivo que tem vindo a registar um forte acréscimo em termos de mortalidade é o cancro do pâncreas, com 1 500 novos casos por ano, e "cujos sintomas são por vezes desprezados": dores no estômago, dores nas costas, icterícia. Este tumor é mais resistente que outros tipos de cancro aos tratamentos e em 2020 será a segunda causa de morte por cancro no mundo segundo estimativas da Organização Mundial de Saúde (OMS).

O cancro do esófago é atualmente o oitavo cancro com maior incidência mundial, sendo que a sua taxa de incidência tem vindo a aumentar como consequência do aumento da prevalência dos fatores de risco mais importantes – obesidade e refluxo gastro-esofágico. Com o cancro do estômago, Portugal conta com o maior número de mortes por cancro da União Europeia e é o sexto país a nível mundial.

Por último, o Cancro do Fígado é a quinta causa de morte em Portugal em idades inferiores aos 70 anos. As principais causas são o Álcool, Hepatites C e B e a obesidade.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Zé LG às 15:21

Domingo, 22.09.19

Resquícios da quimioterapia

Quando, no início de 2013, iniciei a quimioterapia fui informado das alterações que daí poderiam advir, para além da eliminação de eventuais metástases. Entre outras, registei e vim a comprovar que o sistema imunitário iria sair fragilizado, que as extremidades (mãos e pés) iriam ficar mais sensíveis ao frio e que poderia sentir uma sensação de sufoco quando não me prevenisse suficientemente em relação ao frio, ou pelo menos face às diferenças de temperatura. 

Ainda hoje, e depois de mais de seis anos após ter terminado o tratamento, sinto esses efeitos. Alguns deles bastante desagradáveis...

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Zé LG às 21:52

Terça-feira, 06.08.19

Cuba cura casi el 80 por ciento de los niños con leucemia

cuba.jpgCasi el 80 por ciento de los niños con leucemia en Cuba han sido curados de ese tipo de cáncer, el más frecuente en la infancia en el mundo, aseveró el doctor Sergio Machín, especialista de II Grado en Hematología y jefe de la clínica pediátrica del Instituto de Hematología e Inmunología (IHI).

Anualmente se diagnostican alrededor de 70 casos con leucemia en el país, y de ellas el 75 por ciento son linfoblásticas, y todas con posibilidades de tratamiento con cura de la enfermedad, recalcó.  El doctor Machín dijo que la linfoide aguda tiene de un 70 a un 80 por ciento de posibilidades de curación, pues los niños logran llegar a adultos con una vida normal, acotó.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Zé LG às 20:28

Quinta-feira, 01.08.19

Cirujanos del Hospital Vall d'Hebron de Barcelona operan con éxito un cáncer de páncreas avanzado gracias a una técnica pionera

operação.jpgCirujanos del Hospital Vall d'Hebron de Barcelona han operado con éxito un cáncer de páncreas avanzado, el de peor pronóstico y que hasta ahora era inoperable, mediante una técnica pionera que consiste en utilizar una aguja que pincha el tumor y que permite abrasar y destruir las células mediante calor.

El cáncer de páncreas es la tercera causa de muerte por neoplasia en todo el mundo y los médicos prevén que el año 2019 será la segunda causa de muerte por cáncer; además, en solo uno de cada cinco casos se puede recurrir a una intervención quirúrgica.

Una de las pacientes que se han sometido a esta intervención quirúrgica, María José, ha explicado que en abril de este año le diagnosticaron el tumor de páncreas y en agosto se sometió a una intervención con la nueva técnica quirúrgica. María José, que ha ejercido de médica de familia toda su vida, "sabía que la supervivencia al cáncer de páncreas es pequeña" y se daba a sí misma "unos seis meses", aunque ahora, tras la nueva cirugía, se siente "muy bien".

Leia toda a notícia.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Zé LG às 00:26

Terça-feira, 30.07.19

Nove sinais de cancro na cabeça

Os sintomas de cancro do cérebro não são exclusivos, podem aparecer noutras doenças.

Esteja atento e consulte o seu médico se tiver os seguintes sintomas:

tumores.jpg

- Dor de cabeça matinal ou dor de cabeça que desaparece depois de vomitar;

- Náuseas e vómitos frequentes; Perda de apetite;

- Problemas de visão, audição ou de expressão verbal;

- Perda de equilíbrio ou dificuldade em andar;

- Quebra do estado geral;

- Sonolência excessiva ou alteração da atividade habitual;

- Alteração da personalidade, humor, capacidade de concentração ou comportamento;

- Convulsões.

Na grande maioria das situações estes sintomas não significam a existência de um tumor mas um exame cuidadoso por parte do seu médico é indispensável para excluir essa hipótese.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Zé LG às 17:42

Domingo, 30.06.19

Tratamentos de quimioterapia "em risco" nos hospitais do Alentejo

on_now_29_0.jpg"Em quase todo o Alentejo, como os casos de Elvas, Portalegre e Beja há situações muito difíceis há muito tempo. Com o aproximar das férias do verão, com situações de baixa por doença e de parentalidade que não são substituídas, estamos à beira ter de deixar de produzir quimioterapia. Se acontecer em Elvas, por exemplo, os doentes têm de receber quimioterapia noutro hospital, o que implicará terem de fazer muitos quilómetros", alertou Ana Paula Martins, a Bastonária da Ordem dos Farmacêuticos, que acrescenta ainda os casos de farmácias hospitalares que têm de fechar às 16h00 por falta de recursos humanos.

A Bastonária defende também que falta de regulamentação faz com que os hospitais ou não possam contratar profissionais ou o façam à margem da lei, fora do enquadramento da carreira específica.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Zé LG às 10:42

Sábado, 29.06.19

Grupo de Apoio de Beja da Liga Portuguesa Contra o Cancro realiza, este sábado, rastreio do cancro da pele

Cancro-768x432.jpg“No cancro da pele, a prevenção e o diagnóstico precoce são essenciais”, explica o Grupo de Apoio.
O rastreiro destina-se essencialmente a pessoas com historial de cancro de pele pessoal ou na família, que tenham fototipo baixo (pele clara, olhos azuis/verdes, cabelos claros), mais de 50 sinais, uma profissão que implique grande exposição solar e mais de 50 anos.
A iniciativa decorre durante todo o dia, na sede do Grupo de Apoio de Beja da Liga Portuguesa Contra o Cancro.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Zé LG às 00:40

Segunda-feira, 10.06.19

Cancro no intestino: 90% dos doentes apresentam um destes três sintomas

O cancro do intestino é o terceiro cancro mais mortífero a nível mundial, porém é uma doença tratável quando é diagnosticada atempadamente.
Muitos não estão a par dos sinais e sintomas associados a este cancro e confundem-nos com outras maleitas ou simplesmente atribuem-nos ao envelhecimento.

cancro.jpg

De acordo com o sistema de saúde britânico (NHS), mais de 90% das pessoas afetadas por este tipo de tumor apresentam pelo menos um destes três sintomas:
1. Uma mudança persistente nos movimentos intestinais – ir mais vezes à casa de banho, experienciar diarreia ou por vezes dores abdominais.
2. Sangue nas fezes, sem ter hemorróidas.
3. Dor abdominal, desconforto ou inchaço abdominal sempre após as refeições – resultando por vezes na limitação das quantidades de comida ingerida e em perda de peso.
O NHS (sistema de saúde público do Reino Unido) alerta ainda que para além daqueles três sinais, outros sintomas podem incluir: a perda súbita e inexplicável de peso, a sensação de fadiga extrema sem uma razão óbvia e a presença de dor ou de caroços na barriga.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Zé LG às 11:52

Sexta-feira, 31.05.19

85% DOS CASOS DE CANCRO DO PULMÃO SÃO CAUSADOS PELO TABACO

tabaco.jpgPara Isabel Maria Magalhães, presidente da associação Pulmonale, um dos principais problemas no combate ao tabagismo na população jovem está no espaço temporal entre o momento em que se começa a fumar e o aparecimento de doenças graves, como o cancro do pulmão, em que 85% dos casos se deve ao tabaco. Isto porque, explica, "os jovens consideram que o tabagismo não os vai afetar num horizonte temporal alargado".

António Araújo, oncologista, refere que "existe uma relação direta entre o consumo de tabaco (número de anos que se fuma e de cigarros fumados) e o aparecimento de cancro", alertando também para o risco da exposição ao fumo passivo: "estar exposto permanentemente ao fumo passivo vai aumentar diretamente o risco de desenvolver doença".

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Zé LG às 11:13


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Outubro 2019

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031


Links

Informativos

Informativos