Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O meu cancro


Quarta-feira, 16.05.18

AFINAL (parece) QUE NÃO HAVIA MASSA NENHUMA

Esta manhã, lá me fizeram a colonoscopia agendada, cuja conclusão - "Status pós hemicolectomia esquerda" -, parece não ter confirmado a presença de massa no cego, conforme tinha sido diagnosticado pelas TAC. Vamos ver o que a Médica que me acompanha vai dizer, face a esta aparente discrepância entre os dois exames.

Na preparação imediata à colonoscopia lá desmaei mais uma vez. Raramente consigo rexistir e não consigo identificar a causa disso.

Para quem nunca desmaiou é como se suspendesse a vida por uns instantes e vissionásse um filme, que raramente dá para registar. Quando volto à vida, acordo confuso, sem perceber o que aconteceu e onde estou. E, quase sempre, fico mal disposto, ao ponto de ter vontade de votimar e "moído", como se tivesse levado uma "carga de porrada". E, por isso, meti-me em "vale de lençóis" até agora.

Voltamo ao essencial, a conclusão da colonoscopia aliviou algum stress, que sempre nos ataca, por mais que tentemos evitá-lo.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Zé LG às 18:05

Quarta-feira, 16.05.18

ESPERO VOLTAR A CASA SEM MASSA

"Presença de massa com densidade de partes moles no cego, a merecer melhor caracterização por colonoscopia (volomoso pólipo?)." Esta era a principal conclusão das TAC efectuados. E cá estou a fazer o resto da preparação para a colonoscopia marcada para daqui a quatro horas.

Espero que não se registem incidentes e que saia de lá com a colonoscopia efeita e a massa retirada. Seriam dois em um.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Zé LG às 05:11

Domingo, 08.04.18

NOITE DE FADOS APOIA UM DIA PELA VIDA

29594783_1501922306585641_6112417537914829689_n.jp

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Zé LG às 21:00

Quarta-feira, 28.03.18

EQUIPA LIDERADA POR PORTUGUESA DÁ MAIS UM PASSO NO COMBATE AO CANCRO

mw-768.jpg

Uma equipa internacional de investigação liderada por Mónica Bettencourt Dias, do Instituto Gulbenkian de Ciência, identificou características importantes das células cancerígenas, que podem ajudar os médicos na luta contra o cancro.

O estudo envolveu uma equipa de investigação internacional do Instituto Gulbenkian de Ciência em colaboração com investigadores do I3S- Instituto de Investigação e Inovação em Saúde, IPATIMUP -- Instituto de Patologia e Imunologia Molecular, Instituto de Medicina Molecular, Instituto Português de Oncologia, e Dana-Faber Cancer Institute dos Estados Unidos).

Mónica Bettencourt Dias, bióloga, é a diretora do Instituto Gulbenkian de Ciência. Substituiu este ano o britânico Jonathan Howard.

Leia todo o artigo em: http://visao.sapo.pt/actualidade/sociedade/2018-03-28-Equipa-liderada-por-portuguesa-da-mais-um-passo-no-combate-ao-cancro.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Zé LG às 23:40

Sexta-feira, 23.02.18

Liga Contra o Cancro promove em Beja “Um Dia Pela Vida”

cancro-768x512.jpg

Em Beja é hoje lançado o projecto da Liga Portuguesa Contra o Cancro denominado “Um Dia Pela Vida”.

A iniciativa visa “sensibilizar a população para a temática do cancro, a importância da sua prevenção e angariar fundos para a Liga Portuguesa Contra o Cancro”.

Até 16 de Junho, várias equipas formadas no seio da comunidade realizarão actividades de educação para a prevenção e angariação de fundos.

A apresentação tem lugar pelas às 21 horas, no Salão Nobre da Santa Casa da Misericórdia de Beja.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Zé LG às 00:10

Quinta-feira, 15.02.18

NO DIA INTERNACIONAL DA CRIANÇA COM CANCRO, IMPORTA TER EM CONTA QUE OITO EM CADA DEZ CRIANÇAS COM CANCRO PODEM SER CURADAS

Em Portugal, surgem anualmente cerca de 350 novos casos de cancro infantil, um número que se tem mantido estável na última década. "Se o cancro for detetado a tempo, em cada dez crianças, oito podem ficar curadas e praticamente sem sequelas", realçou Margarida Cruz, diretora-geral da Associação Acreditar . "São números animadores e um sinal enorme de esperança para os pais, que ficam tão devastados quando veem um filho com cancro", frisou.

cancro mais frequente nas crianças é a leucemia, que tem um prognóstico de cura "muito bom" quando é detetada a tempo. "Mais de 90 por cento das crianças ficam curadas e praticamente sem sequelas", frisou Margarida Cruz. Em Portugal, "o diagnóstico é feito, normalmente, com muita rapidez", mas é preciso sensibilizar os pais, a população e as autoridades para que estejam atentas.

"Procuramos chamar a atenção dos pais, sem alarme, para quando há determinados sinais, como dores de cabeça e nódoas negras recorrentes numa criança, recorrerem ao pediatra para que a doença seja detetada o mais rápido possível e a criança possa ser tratada", disse a responsável.

Leia todo o artigo AQUI.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Zé LG às 10:20

Quarta-feira, 14.02.18

"Tenho muito medo de ter cancro"

naom_5a7cd61fb67c4.jpg

Foi eleito o patologista mais influente do mundo pela revista britânica ‘The Pathologist’ e há quase cinco décadas que se dedica a estudar uma das doenças mais mortais do século XXI: o cancro. A experiência consolidada neste domínio confere-lhe legitimidade para retratar a patologia, designadamente os cancros da tiróide e do estômago. Mas estes quase 50 anos não lhe tiraram o medo do cancro. Sem pudores, Manuel Sobrinho Simões confessa ao Notícias ao Minuto que o cancro o assusta. “Tenho muito medo de ter cancro”, admite.

São quase 50 anos a estudar o cancro. Esta é uma doença que ainda o assusta?

O cancro assusta-me muito. A minha atividade sempre esteve muito direcionada para o cancro da tiróide e do estômago. E, por exemplo, o cancro da tiróide tem uma mortalidade muito baixa; mais de 95% dos casos são controlados ou curados. Mas no estômago conseguimos apenas controlar cerca de 20 ou 25% das situações. Ou seja, em 75 a 80% das pessoas morrem, apesar de não ser no imediato. Por isso, tenho muito medo de ter cancro porque embora já se trate muito bem uma grande percentagem dos tumores, 40% de casos acabam por morrer. Se a pessoa tiver pouca sorte de ter um cancro dos que não são fáceis de tratar nem de controlar acaba por morrer.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Zé LG às 14:39

Quarta-feira, 24.01.18

Foi há cinco anos

... que fui operado. Felizmente que tudo correu bem. Para que tal tenha acontecido, acho que foi determinante a oportunidade do diagnóstico e da cirurgia.

Para todos os que me assistiram fica a minha eterna gratidão.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Zé LG às 23:47

Terça-feira, 19.12.17

UM EXEMPLO QUE VALE A PENA CONHECER

DRQvsPqX4AEaovz.jpg

O defesa do clube italiano Sassoulo jogou todos os minutos de todos os jogos disputados pelo clube desde 18 de outubro de 2015. Venceu dois cancros, não foi suspenso, não teve uma lesão, não foi substituído e não esteve fora da convocatória uma única vez.

Leia to o artigo AQUI.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Zé LG às 00:44

Quinta-feira, 12.10.17

TUDO BEM

Ontem tive mais uma consulta de acompanhamento. Foi rápida, porque tudo continua bem. O que levou mais tempo foi a médica passar as requisições para os próximos exames, a fazer antes da próxima consulta daqui a seis meses. A partir daí, as consultas passarão a anuais.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Zé LG às 23:36


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Maio 2018

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031


Links

Informativos

Informativos