Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O meu cancro

O meu cancro

Descompressão sem melhoras

Aviso prévio: Este tipo de observações que faço ao estado em que me sinto tem dois objectivos - informar quem possa estar ou venha a passar por processos do mesmo tipo e para memória futura. Não significam obrigatoriamente que me sinta mal ou desesperado.

 

Depois de mais de seis meses, mais ou menos, em tensão permanente por causa do processo eleitoral, é natural que tenha sentido uma descompressão, após o acto eleitoral.

Mas, com essa descompressão não veio um melhor estado de espírito nem um sentir-me melhor. Antes pelo contrário, tenho sentido, nalguns casos, um acentuar de alguns efeitos da quimioterapia, dores por todo o corpo (julgo que provocados pelos problemas da coluna) e menos força, física e anímica.

Dos efeitos da quimioterapia, o que talvez se tenha acentuado mais é a dormência das mãos e, de algum modo também, dos pés. Com efeito, nunca os senti assim antes.

Enfim, talvez seja resultado de andar menos ocupado e preocupado com outras coisas e concentrar-me mais no que sinto... e a falta de ouvir a opinião médica.