Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O meu cancro

O meu cancro

O choque de hoje foi maior

Esta manhã tive consulta de cirurgia com a médica que me operou. Os resultados da cirurgia não podiam ser melhores - a operação correu bem e a recuperação também tem estado a correr bem, sem incidentes nem queixas.

Já quanto ao diagnóstico anatomopatológico não posso dizer o mesmo. Dos 21 gânglios linfáticos retirados e examinados, quatro encontravam-se metastizados. Ou seja, vou ter de fazer tratamento de quimioterapia. Só na consulta de oncologia, marcada para a semana, vou saber que tratamento vou ter de fazer, por quanto tempo e que consequências são de esperar. Só fui informado de que o tratamento a fazer não será dos mais corrosivos.

Esta informação, apesar de contar com ela, porque todos os médicos me tinham referido que era pouco provável que não tivesse de fazer tratamento, acabou por ser um choque que me deixou mal disposto. Embora continue a encarar o processo com naturalidade e com confiança num bom resultado final, fiquei mais preocupado por causa do, eventual, sofrimento, duração e consequências da quimioterapia.

Vamos ver o que é que sairá da consulta de oncologia. Seja o que for, terei de a fazer e espero que elimine quaisquer resquícios do cancro que me atacou.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.