Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O meu cancro

O meu cancro

AFINAL (parece) QUE NÃO HAVIA MASSA NENHUMA

Esta manhã, lá me fizeram a colonoscopia agendada, cuja conclusão - "Status pós hemicolectomia esquerda" -, parece não ter confirmado a presença de massa no cego, conforme tinha sido diagnosticado pelas TAC. Vamos ver o que a Médica que me acompanha vai dizer, face a esta aparente discrepância entre os dois exames.

Na preparação imediata à colonoscopia lá desmaei mais uma vez. Raramente consigo rexistir e não consigo identificar a causa disso.

Para quem nunca desmaiou é como se suspendesse a vida por uns instantes e vissionásse um filme, que raramente dá para registar. Quando volto à vida, acordo confuso, sem perceber o que aconteceu e onde estou. E, quase sempre, fico mal disposto, ao ponto de ter vontade de votimar e "moído", como se tivesse levado uma "carga de porrada". E, por isso, meti-me em "vale de lençóis" até agora.

Voltamo ao essencial, a conclusão da colonoscopia aliviou algum stress, que sempre nos ataca, por mais que tentemos evitá-lo.

ESPERO VOLTAR A CASA SEM MASSA

"Presença de massa com densidade de partes moles no cego, a merecer melhor caracterização por colonoscopia (volomoso pólipo?)." Esta era a principal conclusão das TAC efectuados. E cá estou a fazer o resto da preparação para a colonoscopia marcada para daqui a quatro horas.

Espero que não se registem incidentes e que saia de lá com a colonoscopia efeita e a massa retirada. Seriam dois em um.