Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O meu cancro

O meu cancro

As dúvidas mais comuns do doentes oncológicos face COVID-19, explicadas por um painel de especialistas

Devo manter as consultas e tratamentos em caso de infeção? O que é recomendado fazer se tiver sintomas? Como acalmar a ansiedade acrescida que o aparecimento desta pandemia veio trazer à minha vida? As respostas já a seguir.

O novo coronavírus veio suscitar muitas dúvidas a toda a gente e, em tempo de pandemia de COVID-19, os doentes oncológicos também se veem a braços com muitas interrogações, tal como sucede com os que os acompanham. Devem ou não manter as consultas e tratamentos? O que lhes é recomendado fazer se tiverem sintomas de infeção? Como acalmar a ansiedade acrescida que o aparecimento desta pandemia veio trazer às vidas destes pacientes?

Para responder a estas e outras questões dos doentes oncológicos, três associações, a Evita, a Europacolon e a Associação Careca Power, resolveram unir esforços. E, com o apoio da empresa farmacêutica AstraZeneca, dinamizaram uma sessão de esclarecimentos dirigida a doentes oncológicos e aos seus cuidadores, que a revista Prevenir acompanhou. Descubra, de seguida, as respostas do painel de especialistas que aceitou colaborar