Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O meu cancro

O meu cancro

De regresso a casa

Há precisamente um ano, a esta hora, tive alta do Hospital Distrital de Beja, onde fui operado a um cancro no cólon e estive internado 10 dias.

Na altura senti que tinha tido "ordem de soltura", porque, por melhor que sejamos tratados - e eu fui bem tratado por todos -, sentimo-nos sempre com a nossa liberdade condicionada.

Foi bom voltar a casa para junto dos que mais amo. Os meus pequenotes estranharam e sofreram com a minha ausência e receberam-se com um misto de surpresa e desconfiança. A alegria e os mimos vieram depois.

O pior das condições de acolhimento deste hospital são as casas de banho. Em situação de tanta fragilidade como a que nos encontramos quando estamos enfermos termos de utilizar aquelas casas de banho não ajuda nada o estado de espírito.

Continuaram na enfermaria os dois companheiros de infortúnio que já lá se encontravam quando fui internado. Uns dias depois quando lá voltei, encontrei-os bastante melhores do que no dia em que saí.